Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Imposto de Renda

FHC deve sancionar correção de 17,5% da tabela do IR

O presidente Fernando Henrique Cardoso deve sancionar, até o próximo dia 8 de janeiro, o projeto de lei que corrige em 17,5% a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

O Planalto ainda aguarda uma solução a ser apontada pela equipe econômica para compensar os cerca de R$ 2,6 bilhões, que, segundo o governo, o Tesouro deixará de arrecadar.

Mas a decisão de sancionar o projeto já teria sido comunicada ao presidente da Câmara, Aécio Neves (PSDB-MG). "É uma manifestação de respeito ao Congresso", disse Aécio. Pressionado pela equipe econômica, FH analisava a hipótese de vetar a lei e baixar outra medida, como o aumento do desconto padrão na declaração do próximo ano. Ao contrário do que fez em relação ao aumento do salário mínimo, o Congresso não indicou fontes de financiamento para a correção da tabela do IRPF. Segundo Aécio, o presidente disse que a equipe econômica vai "administrar" a compensação.

Revista Consultor Jurídico, 24 de dezembro de 2001, 10h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/01/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.