Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Decisões administrativas

STJ abre curso de desenvolvimento gerencial para juízes federais

O primeiro programa de desenvolvimento gerencial direcionado para os juízes federais foi aberto, nesta quarta-feira (12/12), pelo presidente do Conselho da Justiça Federal e do Superior Tribunal de Justiça, ministro Paulo Costa Leite.

"Acredito que hoje estamos gerando o embrião para a solução dos problemas do Judiciário na área administrativa", afirmou o ministro. Costa Leite lembrou, ainda, que o juiz de modo geral não tem formação científica para tomar decisões administrativas. "Não é mais possível conviver com improvisações", concluiu.

De acordo com o ministro, pouco resolve o Judiciário buscar melhorias na prestação jurisdicional e conseguir acelerar o trâmite dos processos nos tribunais, se os problemas administrativos persistirem.

"Temos que cuidar melhor da questão para que eventuais erros administrativos não comprometam a imagem do poder Judiciário como um todo", enfatizou Costa Leite. O objetivo do ministro é que, a médio prazo, seja criado um curso de administração para aos juízes.

Um juiz de cada seção judiciária do país, totalizando 27, e mais cinco magistrados indicados pelos presidentes dos cinco Tribunais Regionais Federais farão o curso nas dependências do Conselho da Justiça Federal.

O objetivo é desenvolver a capacidade de melhor gerenciar as questões administrativas com as quais eles se deparam ao chegarem à presidência de Tribunais ou mesmo quando atuam como diretores de foro.

O Conselho também abriu 18 vagas para servidores escolhidos estrategicamente em função de suas áreas de atuação, distribuídos entre todos os tribunais.

Revista Consultor Jurídico, 12 de dezembro de 2001, 14h23

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/12/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.