Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reivindicação salarial

Servidores da Justiça Federal, TRE e TRF param por 24 horas

Os servidores do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo decidiram paralisar suas atividades novamente, nesta quarta-feira (22/8), por 24 horas. Os funcionários da Justiça Federal e da primeira instância do Tribunal Regional Federal também decidiram aderir à paralisação, depois de terem feito assembléia na terça-feira (21/8).

Os servidores do Judiciário reivindicam reajuste salarial. Afirmam que, como outros servidores federais, estão sem reajuste salarial há sete anos.

Eles querem que o governo cumpra determinação do Supremo Tribunal Federal, que decidiu pela obrigatoriedade do restabelecimento da data-base da categoria e a reposição salarial de 11,98% decorrentes da conversão dos salários de Cruzeiro Real para Unidade Real de Valor, em 1994. Também pedem melhores condições de trabalho.

Nesta quarta-feira, a adesão ao movimento pode aumentar ainda mais. Os funcionários do Tribunal Regional do Trabalho devem se reunir para decidir se aderem à paralisação.

Os servidores do Judiciário farão novas assembléias sobre a continuidade da greve.

Revista Consultor Jurídico, 22 de agosto de 2001, 14h10

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/08/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.