Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pedido de desculpas

Bacharel que ameaçou ministros do STF através de e-mail se retrata

O presidente do STF, ministro Marco Aurélio, recebeu nesta sexta-feira (17/8) correio eletrônico do bacharel Jorge Eduardo Rubies. Ele pede desculpas pelas ameaças feitas por e-mail, enviado no início de julho, a ministros do Supremo, em razão de seus votos durante o julgamento das ações sobre o plano de racionamento de energia elétrica do governo federal.

O presidente do Supremo vai encaminhar a mensagem aos demais ministros.

Leia a íntegra da correspondência

Carta ao Excelentíssimo Senhor Presidente do Supremo Tribunal Federal

Mui digno Doutor Marco Aurélio:

"Venho por meio desta reiterar meu pedido de desculpas, já tornado público por meio de reportagem em órgão de imprensa, em relação à mensagem anteriormente enviada ao webmaster da página do Supremo Tribunal Federal na Internet.

Esta mensagem não passou de um desabafo, concebido e enviado num momento de irreflexão, provocado pelos graves problemas pessoais que venho enfrentando e potencializados pelos angustiantes momentos que o País vem vivendo. Sempre nutri o mais profundo respeito e admiração por nossa Suprema Corte e seus componentes, e Sua Excelência, entre todos, era quem eu mais admirava por suas posições ousadas e independentes.

Jamais foi minha intenção perturbar a tranqüilidade dos membros do STF, da qual dependem os destinos das atuais e futuras gerações de brasileiros. Se eventualmente causei algum aborrecimento a qualquer integrante do Supremo, o que, aliás, não acredito que tenha ocorrido, faria o possível para reparar o transtorno."

Atenciosamente,

Jorge Eduardo Rubies

Revista Consultor Jurídico, 17 de agosto de 2001, 19h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/08/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.