Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Piada

Piada de 'Casseta e Planeta' aborrece senador

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) afirmou ter ficado "boquiaberto" com um quadro do programa humorístico Casseta e Planeta Urgente, exibido na última terça-feira, dia 7, pela Rede Globo. Em uma cena do programa, os presidiários cavavam um túnel para fugir. O primeiro da fila de presos chegava ao fim do túnel, mas ficava surpreso ao perceber que estava no Senado. Em seguida, pedia para os companheiros voltarem que o lugar estava "cheio de ladrão".

"Acho que esta Casa merece respeito", disse. O senador reconheceu que o Senado "está na vitrine do Brasil inteiro para receber pedrada". Mas segundo ele, "coisas como essa machucam". Ele afirmou que o

Senado "está tendo um comportamento que nunca teve no passado". Lembrou da cassação do mandato de Luiz Estevão. Também disse que Antonio Carlos Magalhães e José Roberto Arruda só não foram cassados porque renunciaram antes.

Simon, que afirmou ser grande admirador do programa - qualificado por ele de "sensacional, competente e inteligente" -, considera que muitos telespectadores devem ter rido da piada.

"Não acho que o Senado esteja cheio de ladrões. Aqui há parlamentares da maior dignidade, homens simples, experientes, grandes empresários dos mais variados setores, pessoas que ocuparam cargos em entidades importantes no mundo empresarial ou sindical. Não posso aceitar a tese de que o Senado seja composto de ladrões. Sei que é uma charge, mas o duro é que ela marca mais do que um comentário sério", disse o senador, da tribuna do Plenário, onde discutia a proposta de emenda à Constituição (PEC) que limita a edição de Medidas Provisórias. Simon afirmou que a imensa maioria dos senadores é honesta.

Revista Consultor Jurídico, 10 de agosto de 2001, 16h36

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/08/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.