Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Castigo continuado

Procurador da Fazenda que apontou falhas é removido

O procurador da Fazenda Nacional, Aldemário Araújo Castro, ex-coordenador da Dívida Ativa da União, foi surpreendido na última sexta-feira (3/8) com a sua remoção para a unidade regional da Procuradoria no Distrito Federal.

Aldemário deixou a Coordenadoria depois de apontar a falta de apoio oficial à PGFN no seu papel de resgatar valores devidos à União. Entre os dados divulgados por ele, mostravam-se dados estatísticos mostrando que a evolução da capacidade na recuperação de créditos do órgão vinha sendo respondida com cortes orçamentários. Esses cortes, explicou-se, contrariavam o interesse público.

A remoção de Aldemário tornou-se conhecida com a publicação de Portaria assinada pelo procurador-geral da Fazenda Nacional, Almir Martins Bastos no Boletim de Pessoal MF.

Procurador-Chefe em Alagoas durante cerca de 5 anos e Coordenador-Geral da Dívida Ativa da União por quase 2 anos, Aldemário não foi consultado sobre a movimentação funcional.

Revista Consultor Jurídico, 5 de agosto de 2001, 13h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/08/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.