Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Briga por música

Globo e Ary Barroso disputam registro de Aquarela do Brasil

A Rede Globo e a família de Ary Barroso estão disputando, na Justiça, o registro do nome Aquarela do Brasil, música composta por Ary em 1939. A emissora - que pagou R$ 50 mil à família para uso do título na série de mesmo nome, exibida em agosto do ano passado - deu entrada no pedido junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) dia 18 de agosto, dois dias antes de a família fazer o mesmo.

"Foi uma negociação difícil, já que em 2002 é centenário do Ary e a intenção era restringir o uso do nome. Por isso, foi autorizado o uso apenas para a minissérie. A família ficou muito chateada quando descobriu que a Globo, ao mesmo tempo que negociou com eles, entrou com o pedido de registro do nome. E isto foi descoberto por acaso, devido a outro processo", argumenta a advogada que representa a família, Gisele Carvalho.

Para tentar contornar a preferência da Globo pela antecedência, Gisele vai recorrer à Justiça Federal para tentar anular o pedido da emissora.

"A conversa entre a Globo e a família não dizia respeito apenas ao uso do nome Aquarela do Brasil. Por causa do centenário do compositor, havia planos de fazer uma série no ano que vem e de lançar um livro em parceria. Pois agora a família não quer mais nada", diz a advogada.

Fonte: Agência JB

Revista Consultor Jurídico, 18 de abril de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/04/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.