Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Determinação da ANS

Ex-diretores da Unimed-SP têm bens bloqueados pela ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou o bloqueio dos bens de 15 ex-diretores da Unimed São Paulo. Eles estão impedidos de movimentar contas bancárias e vender seus bens.

Entre os atingidos estão Edmundo Castilho, que acumulava a presidência da Unimed São Paulo e da Unimed Brasil, Aldo Francisco Schmidt, ex-superintendente da empresa, e René de Oliveira Magrini, ex-vice-presidente.

A maioria dos diretores ocupava cargos de direção em outras duas empresas vinculadas à Unimed São Paulo: Medicinet e Unimed Air. Três são dirigentes da Unicred de São Paulo, uma cooperativa de crédito que trabalha com o sistema Unimed.

Eles permaneceram na Unimed São Paulo durante quase 23 anos e, segundo auditoria da ANS, deixaram uma dívida de R$ 85 milhões.

Para o presidente eleito da Unimed São Paulo, Cid Carvalhaes, "a luta agora é para recuperar os recursos utilizados de forma duvidosa pela antiga diretoria a fim de pagar as dívidas e acelerar o restabelecimento completo da rede credenciada".

Fonte: Brasil em Tempo Real

Revista Consultor Jurídico, 10 de abril de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/04/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.