Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Investigações na Sudam

MPF diz que não aceita subordinação à Corregedoria-Geral da União

Os procuradores da República responsáveis pelas investigações que o Ministério Público Federal conduz sobre irregularidades na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), desde 1996, estarão reunidos, nesta quarta-feira (11/4), em Brasília. Os procuradores conduzem vários procedimentos administrativos, criminais, inquéritos policiais e ações nas Procuradorias da República em Mato Grosso, Pará, Tocantins, Maranhão e Amazonas.

A Associação Nacional dos Procuradores da República critica a notícia de que a Corregedoria-Geral da União vai chamar os procuradores da República a participar de uma força-tarefa coordenada por um procurador da Advocacia Geral da União.

"Fica demonstrada a verdadeira intenção do governo ao criar a Corregedoria: subtrair funções institucionais do Ministério Público, em prejuízo da independência e dos resultados de investigações contra corrupção que já vêm sendo procedidas", afirma o presidente da Associação, Carlos Frederico Santos.

Os procuradores já conseguiram a indisponibilidade de bens de acusados, entre outros resultados. Os responsáveis pelas investigações darão uma coletiva à imprensa, às 11h30, na sede da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR).

Revista Consultor Jurídico, 10 de abril de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/04/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.