Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Juízes sorteados

TJ vai decidir se Pimenta Neves aguarda julgamento em liberdade

Foram sorteados ontem (14/9) os juízes que decidirão se o jornalista Antônio Pimenta Neves aguardará seu julgamento preso ou em liberdade.

Os dois pedidos de habeas corpus serão apreciados pela 6ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, que é composta pelos desembargadores Haroldo Luz, Debatin Cardoso e Pedro Gagliardi.

Essa Câmara é conhecida entre os advogados como “duríssima” e o relator escolhido, Haroldo Luz, um dos mais rigorosos do tribunal. O juiz Pedro Gagliardi foi presidente do Tribunal de Alçada Criminal do Estado (Tacrim).

Há três pedidos em favor de Pimenta Neves em andamento. Um corre na Comarca de Ibiúna. É pela revogação da prisão preventiva. Outro pede que o jornalista que responde pelo assassinato de Sandra Gomide seja removido para a clínica Parque Julieta. O mais recente, que ainda aguarda parecer do Ministério Público, também pede a libertação do réu confesso.

Ainda hoje, o advogado Luiz Flávio Gomes estará encaminhando a manifestação da acusação sobre o pedido feito em Ibiúna.

Estima-se que os pedidos feitos ao Tribunal de Justiça tenham resposta em duas semana.

Revista Consultor Jurídico, 15 de setembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/09/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.