Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Captação de clientela

Cerca de 15 kg mais magro, Pimenta será interrogado amanhã.

Está marcado para esta quarta-feira (13/9) às 9 horas, o interrogatório do jornalista Antônio Pimenta Neves, na 1ª vara criminal de Ibiúna. O advogado de defesa, Arnaldo Malheiros Filho reuniu-se hoje com Pimenta para definir a estratégia da oitiva.

Por indicação de seu psiquiatra, o jornalista teria recebido reforço na medicação. Por cautela, os comprimidos ficam sob a guarda de Fernando Capitão (preso por envolvimento com a máfia da prefeitura paulistana), que administra a dosagem dos remédios de Pimenta e do assassino do Shopping, Mateus Meira.

Pimenta Neves, segundo se estima, já perdeu cerca de quinze quilos, desde que foi preso.

Na tarde de ontem, o jornalista recebeu a visita do ex-procurador de Justiça, Lázaro San Severino. Invocando o Estatuto da OAB, ele exigiu acesso ao preso. Lá chegando, San Severino ofereceu seus serviços, como advogado.

"Confirmado esse fato, estaremos diante de uma infração ética gravíssima" - comentou o corregedor do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB, Raul Haidar. Pela Lei 8.906/94, é vedada a captação de clientela. Tanto mais que Pimenta já é assistido por dois advogados. Mesmo diante da recusa, o ex-procurador deixou com o preso seu cartão.

Revista Consultor Jurídico, 12 de setembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/09/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.