Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pedido de alforria

Palmeiras: Rógerio recorre ao TST para conseguir passe-livre.

O jogador Rogério Fidélis Régis, do Palmeiras, entrou com recurso, no Tribunal Superior do Trabalho (TST), contra a decisão que o impediu de ter passe-livre para mudar de time.

No final de agosto, o juiz Benedito José Pinheiro Ribeiro cassou a liminar, concedida pela primeira instância e que liberava o jogador de compromisso com o time.

Os problemas começaram quando o Palmeiras, depois de terminar a parceria com a Parmalat, decidiu rever todos seus contratos, estabelecendo um teto de R$ 30 mil para todos os jogadores.

No entanto, para dificultar a saída do atleta, elevou-se o valor do passe. O clube deveria apresentar a proposta de renovação no período dos trinta dias antes do vencimento do contrato e não o fez.

O recurso apresentado em Brasília é uma Reclamação Correicional, ou seja, apelou-se à Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho, invocando irregularidade formal praticada pelo juiz de segunda instância.

Revista Consultor Jurídico, 4 de setembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/09/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.