Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Banestado

Justiça determina adiamento do leilão do Banestado

O desembargador Jeorling Clève, do Tribunal de Justiça do Paraná, determinou o adiamento do leilão do Banestado, que deveria ocorrer na manhã desta terça-feira (17/10). O cancelamento foi concedido liminarmente em mandado de segurança ajuizado pela associação dos funcionários do banco.

Os funcionários argumentaram no pedido que a audiência pública sobre a situação do banco só foi realizada após a divulgação do edital de venda do Banestado, o que seria ilegal.

Segundo a associação, o fato ocasionou o desinteresse de algumas instituições financeiras que não ficaram sabendo de vantagens previstas para o novo dono do banco.

Uma dessas vantagens seria a de que todas as contas do Estado do Paraná e dos servidores estaduais teriam que ficar sob administração do banco até cinco anos após a privatização.

Os bancos que disputam a compra do Banestado são o Bradesco, o Itaú e o Unibanco.

Revista Consultor Jurídico, 16 de outubro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/10/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.