Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Circuito fechado

Sul do país monta cadastro comum de condenados pela Justiça

Por 

Cometer crimes em um Estado e esconder-se em outro deve ficar mais difícil no Sul do país. Os corregedores-gerais de Justiça de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul decidiram montar um banco de dados em comum, relacionando todos os condenados pela Justiça dos três Estados.

O projeto foi aprovado durante o 22º Encontro Nacional do Colégio de Desembargadores Corregedores-Gerais de Justiça do Brasil (Encoge), realizado em Florianópolis no último mês de julho.

Segundo o site Clicrbs, os desembargadores dos três Estados reúnem-se esta semana para definir os aspectos técnicos do projeto.

O banco de dados conterá os nomes de pessoas já condenadas e foragidas e também antecedentes criminais seguindo o modelo já adotado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Apesar do avanço tecnológico na área privada, o setor público ainda tem traços arquitetônicos de uma torre de babel no Brasil. Secretarias e órgãos de um mesmo município ou Estado não estão conectados, o que gera duplicidade de trabalho e falta de controle.

 é advogado e colaborador da revista Consultor Jurídico em Santa Catarina

Revista Consultor Jurídico, 8 de outubro de 2000, 1h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/10/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.