Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Deputado na cadeia

Deputado acusado de subornar testemunhas está na cadeia

O deputado estadual cassado e ex-vereador pelo PPB, Hanna Garib, foi preso na manhã desta terça-feira (28/11), quando deixava sua residência, na Vila Mariana, em São Paulo.

O deputado cassado é acusado de subornar testemunhas que estariam depondo sobre sua participação em esquema de arrecadação de propinas. O ex-deputado estaria pagando entre R$ 5 a R$ 10 mil para quem mudasse o depoimento a seu favor.

Segundo promotores do Gaeco (Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado), quatro testemunhas compareceram ao Ministério Público para denunciar o suborno.

A prisão preventiva de Garib foi decretada por um juiz da 4ª Vara Criminal da capital paulista. O delegado Múcio Alvarenga, que fez a prisão, estava acompanhado dos promotores do Gaeco e do Ministério Público Estadual (MPE).

Segundo o promotor Roberto Porto, Garib está detido na 6ª Delegacia Seccional de Santo Amaro, zona Sul.

Garib controlava politicamente a Administração Regional da Sé, na região central de São Paulo, quando era vereador. Ele responde processo por concussão (extorsão praticada por funcionário público) e formação de quadrilha.

O deputado cassado é ainda acusado de ser o principal mandante da morte do vendedor ambulante Afonso José da Silva, responsável pela denúncia de Garib como o líder do esquema de arrecadação de propinas na região da Sé.

Fonte: Agência Estado

Revista Consultor Jurídico, 28 de novembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/12/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.