Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do DF

Verba de campanhas para eleições na OAB-DF chega a R$ 150 mil

Por 

Os 18 mil advogados inscritos na seção da Ordem no Distrito Federal nunca viram uma campanha tão acirrada para o comando da entidade. Nem uma campanha tão cara. Estima-se que, apenas em propaganda, as três chapas já gastaram perto de R$ 150 mil. São candidatos os advogados Paulo Castelo Branco, Eduardo Roriz e Safe Carneiro.

O primeiro afirma ter gasto cerca de R$ 20 mil, enquanto Roriz admite que seus custos chegaram a R$ 80,7 mil. Estima-se que os custos da campanha de Safe Carneiro, apenas com comerciais na TV, chegaram a R$ 40 mil.

São esperados cerca de oito mil votos na eleição desta sexta-feira (17/11), o que dá uma média de quase R$ 20,00 para cada um.

Hackers públicos

Já está em vigor a lei 9.983, que prevê a punição de funcionários públicos por inserir dados falsos ou facilitar a alteração de sistemas de informações ou programas de informática. A nova legislação estabelece detenção de três a dois anos e pagamento de multa para os infratores. A lei, que acrescenta três artigos ao Código Penal, não trata, no entanto, de crimes cometidos por pessoas sem vínculo empregatício com o governo.

Paz no futebol

O advogado Paulo Goyaz, responsável pela vitória jurídica que garantiu a Sociedade Esportiva do Gama na Copa João Havelange, desistiu do recurso para ganhar os pontos da derrota para o Vasco (2 x 1) no último dia 21, alegando irregularidades na escalação de Jorginho Paulista.

Em contrapartida, o presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, já garantiu a presença do clube de Brasília na Copa do Brasil e na Copa Centro-Oeste, das quais fora excluído ano passado. Koff, que será ouvido pela CPI do futebol, vem à posse de Goyaz na vice-presidência do Gama, no próximo dia 23.

Onde fica o STM?

Se a sede do Superior Tribunal Militar é em Brasília, por que o novo presidente, o ex-chefe do Estado Maior do Exército, general Expedito Hermes do Rego Miranda, tomou posse em São Paulo?

 é repórter da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 16 de novembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/11/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.