Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Detetor de metais em casas noturnas e cinemas do RJ agora é obrigatóri

Por 

Pela paz

Agora é lei: os estabelecimentos classificados como casas de diversões - boates, cinemas, teatros, casas de show - terão 35 dias para passar a usar detetor de metais em suas portas de entrada.

Foi derrubado por unanimidade, na Câmara Municipal, o veto do prefeito ao projeto de lei, do vereador Ruy Cezar, que instituía a medida.

O argumento de Luiz Paulo Conde ao vetar o projeto causou perplexidade - alegou que, caso tivessem que adquirir o aparelho, algumas casas poderiam falir.

O detetor custa, no mercado, menos de R$ 1 mil.

Dívidas

O Tribunal de Justiça do Rio acaba de fazer um levantamento na dívida do governo estadual.

São R$ 500 milhões só em processos de revisão de benefícios de servidores e desapropriações. Em nenhum dos casos há possibilidade de recursos.

Em São Paulo, nessa mesma rubrica, a dívida é calculada em R$ 4 bilhões. Pela falta de pagamento, já passam de 2 mil os pedidos, no STF, de intervenção no Estado.

Nota feia

Que nota poderemos dar para Câmara Federal, que proibiu os juízes de dar informações sobre processos em curso?

Nota zero, naturalmente.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 19 de março de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/03/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.