Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Maluf processa Marta Suplicy

Maluf vai processar Marta Suplicy por declarações à imprensa

O ex-prefeito Paulo Maluf vai processar a candidata à prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, por danos morais. A ação de indenização contra Marta deve ser proposta ainda nesta semana.

O motivo do processo são as declarações da candidata publicadas nesta segunda-feira (13/3) no jornal Folha de S.Paulo. Marta afirmou que "o que a Nicéa disse só comprova que o adjetivo 'nefasto', que usei em relação a Maluf em 98, é mais do que verdadeiro. Talvez tenha sido até ameno demais".

A candidata petista também declarou que sua candidatura só seria beneficiada com o escândalo caso "se chegasse à conta bancária que Maluf e Pitta mantêm no exterior".

Para o advogado de Maluf, Ricardo Tosto, do escritório Leite, Tosto e Barros Advogados Associados, as declarações de Marta Suplicy são "difamatórias e ofensivas".

Tosto explica que "o adjetivo nefasto, segundo o Dicionário Aurélio, é utilizado para identificar aquele que causa desgraça, de mau agouro, infausto, trágico, sinistro, funesto". Isso explicitaria as ofensas.

O advogado também contesta a insinuação de que Maluf e Pitta teriam uma conta no exterior. "Estaria ela (Marta) acusando o Dr. Paulo Maluf de desvio de dinheiro público mantido em algum paraíso fiscal?", indagou.

Para Ricardo Tosto, é preciso "notar o quão descabido e imotivado é o título imputado ao Dr. Paulo Salim Maluf".

Revista Consultor Jurídico, 14 de março de 2000.

Revista Consultor Jurídico, 14 de março de 2000, 11h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/03/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.