Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Salles e Marcinho VP

Promotores apresentarão denúncia contra João Moreira Salles

Por 

O Ministério Público do Rio de Janeiro decidiu denunciar o cineasta João Moreira Salles por favorecimento pessoal.

A acusação refere-se à bolsa mensal, no valor de R$ 1,2 mil, que o cineasta dava ao traficante Márcio Amaro dos Santos, conhecido como Marcinho VP.

O dinheiro serviria para que o traficante escrevesse um livro. A decisão de denunciá-lo apenas por favorecimento pessoal foi tomada pela promotora Maria Inês de Carvalho.

Segundo a promotora, o inquérito policial deve ser encaminhado ao 1º Juizado Criminal, já que a pena prevista para o crime não ultrapassa um ano de reclusão.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 24 de maio de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/06/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.