Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Justiça trabalhista

Justiça do Trabalho retoma julgamento de 49 mil ações em SP

A maior comarca trabalhista do Brasil volta à normalidade nos próximos dias. O Contru (Departamento do Controle e Uso de Imóveis) liberou o Fórum trabalhista Ministro Thélio da Costa Monteiro, localizado na Avenida Ipiranga, que havia sido interditado em outubro passado, por motivos de segurança.

Com isso, a Justiça do Trabalho de São Paulo, que julgou só no ano passado 240 mil processos, retoma o julgamento de aproximadamente 49 mil ações que ficaram paradas durante os últimos cinco meses.

Desde a interdição do prédio, o Tribunal Regional do Trabalho fez várias reformas nas instalações das dez varas trabalhistas que lá funcionavam, principalmente no que se refere a medidas de segurança contra incêndios.

Nesta terça-feira (3/5), o corpo de bombeiros enviou laudo ao Contru, informando que a Justiça trabalhista já pode retomar seus trabalhos no Fórum da Avenida Ipiranga.

O prédio deve ser reocupado até sábado (6/5) e os funcionários devem começar a reorganizar as dez varas, que estavam paralisadas, na próxima segunda-feira.

Nos cinco meses de reforma, a Justiça do Trabalho poderia ter solucionado 12 mil processos. A obra custou R$ 160 mil aos cofres públicos.

Revista Consultor Jurídico, 3 de maio de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/05/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.