Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Atrás das grades

Polícia Federal prende Luiz Estevão, mas ainda cabe recurso

O ex-senador Luiz Estevão acaba de ser preso em seu escritório em Brasília. A operação foi conduzida por dois delegados da Polícia Federal. Ele será recolhido a uma cela comum, pois não é militar e nem tem curso superior.

O juiz da 10ª Vara da Justiça Federal decretou, nesta sexta-feira (30/6), a prisão preventiva do ex-senador Luiz Estevão.

Ele é acusado de estar envolvido nas irregularidades na construção do Fórum Trabalhista de São Paulo e de desviar R$ 169 milhões do orçamento da obra.

O Senado cassou o mandato do senador, por quebra de decoro parlamentar, na última quarta-feira (28/6). O resultado da votação foi 52 votos a favor, 18 contra e 10 abstenções.

Luiz Estevão é o primeiro senador da história da República no Brasil a perder o cargo dessa forma.

Os advogados do ex-senador ainda podem entrar com habeas-corpus para libertar o ex-senador.

Revista Consultor Jurídico, 30 de junho de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/07/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.