Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Impeachment

SP: Pitta se livra novamente de perder o cargo de prefeito

Com os votos dos vereadores acusados de se beneficiarem de práticas criminosas da prefeitura, Celso Pitta foi absolvido pela Câmara Municipal de São Paulo e continua no cargo.

As onze acusações, elaboradas pela OAB paulista, foram rejeitadas no plenário da Câmara.

O parecer aprovado pela Comissão Processante havia recomendado a cassação baseada em apenas dois itens, o empréstimo de R$ 800 mil feito ao prefeito pelo empresário Jorge Yunes e a viagem de Pitta a França - para assistir a Copa de 1998 - paga pela Vega Ambiental, empresa que coleta o lixo na cidade.

A responsável pelas acusações referentes à viagem, a jornalista Rosely Forganes, não foi ouvida, pois o pedido de depoimento, feito à presidência da Câmara, foi negado.

Revista Consultor Jurídico, 12 de julho de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/07/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.