Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crimes de Xinguara

Xinguara: fazendeiro responde como mandante de assassinatos.

O Fazendeiro Jerônimo Alves do Amorim, preso, acusado de ser o mandante do assassinato de José Martins dos Santos (conhecido por "Zé Branco") e de seu filho Gilvan, em Xinguara, em 1994, será ouvido pelo juiz da Comarca, Raimundo Moisés Alves Flexa, na terça-feira (15/2), às 10 horas no fórum de Xinguara.

Jerônimo é também acusado de ser o mandante do assassinato do sindicalista de Rio Maria, Expedito Ribeiro de Souza, e vai ser julgado pelo tribunal de júri de Belém nas próximas semanas.

O fazendeiro estava foragido desde 1994 e foi capturado, com falso documento de identidade, em novembro do ano passado, no México, e se encontra preso em Belém.

Fonte: Comitê Rio Maria - Comissão Pastoral da Terra

Revista Consultor Jurídico, 13 de fevereiro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/02/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.