Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Procon fiscaliza lojas do Rio e lavra autos de infração

Por 

O Procon do Rio de Janeiro realizou trabalho de fiscalização em 32 lojas do Infoshopping e lavrou 27 autos de infração.

O trabalho preventivo passou a ser feito no período de natal para reduzir o crescente número de queixas que recebe, nos meses de janeiro e fevereiro, por conta de compras mal feitas.

As estatísticas registram que no período de compras mais intensas, o comércio empurra o que não deve com mais facilidade na freguesia ávida de consumo.

Uma das queixas rotineiras diz respeito às contas feitas pelo comércio na hora de calcular juros de mora e parcelamento da dívida

Conhece onde pisa

A Universal Music, ex -Sony, que se prepare: o advogado contratado por Roberto Carlos, que pleiteia R$ 4.5 milhões de indenização em ação por má fé, é um ex-funcionário da multinacional.

Trata-se de Bruno Maldonado Thompson, que por quase uma década foi diretor jurídico da Sony. Conhece como ninguém aonde as andorinhas dormem.

Vida boa

Os bancos não podem reclamar da vida com a quebra do sigilo bancário pela Receita Federal, sem autorização judicial. Eles sempre tiveram tratamento vip por parte dos poderes públicos, em especial, Executivo e Legislativo.

Os lobistas da Febrabam andam no Congresso para cima e para baixo oferecendo projetos a deputados financiados por eles e quase sempre aprovados sem maiores discussões.

Agora mesmo, o Bradesco começou a oferecer uma modalidade de investimento que mostra o tratamento privilegiado dispensado ao sistema financeiro. A conta vip de renda programada exige que o cliente invista por um ano.

A rentabilidade mínima no momento é de 14% líquido. O investimento fica livre de confisco e inventário. Também é dedutível no Imposto de Renda.

Escolas e hospitais não conseguem dos poderes públicos tantos incentivos.

Bons negócios

Quase todos os grandes negócios na área de estaleiro ainda passam por Nelson Tanure, que é dono do Sermetal e ainda tem créditos a receber da venda dos estaleiros Eisa, Verolme e Ishibras.

Tanure é a espécie nativa parecida com German Eframovith que acaba de enquadrar a diretoria da Petrobrás, perdão, Petrobrax.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 27 de dezembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.