Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tecnologia em SC

Delegacias de Santa Catarina serão interligadas por computadores

A Secretaria de Estado de Segurança Pública de Santa Catarina irá começar a interligar toda a polícia no Estado, a partir do início do próximo ano.

As delegacias estarão interligadas por computadores que permitirão agilidade nas informações.

O sistema catarinense vai operar integrado ao Sistema Nacional de Registro de Identificação Civil, que possibilita o acesso aos bancos de dados da Polícia Federal, Ministério Público Federal e Estadual e Poder Judiciário.

Pelo novo sistema, qualquer cidadão poderá registrar o boletim de ocorrência ou requisitar atestado de antecedentes através da Internet.

As delegacias poderão fazer identificação civil e até comparações entre impressões digitais por meio da rede.

De acordo com a Diretoria de Planejamento da Secretaria de Segurança Pública, os inquéritos policiais e cadastro de indiciados ficarão armazenados em um banco de dados e disponíveis na rede.

Para concretizar o projeto, foi realizada licitação para compra de 530 computadores no valor de R$ 2,5 milhões.

A situação de atraso tecnológico, como admitem os delegados, é visível em qualquer delegacia e denunciada pelos policiais civis e militares em 'estado de greve' por melhores condições de

trabalho e salários.

Delegacias dos grandes centros urbanos, como Blumenau, Florianópolis e Joinville, já contam com sistemas informatizados e outros equipamentos modernos, mas a falta de integração em ambientes de rede dificulta o trabalho dos policiais.

Revista Consultor Jurídico, 26 de dezembro de 2000, 14h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.