Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crime no haras

Justiça nega habeas-corpus a Pimenta Neves

O desembargador Maurílio Gentil Leite negou o pedido de habeas-corpus do ex-diretor de redação do Jornal O Estado de S. Paulo, Antonio Marcos Pimenta Neves, assassino confesso da jornalista Sandra Gomide.

A prisão preventiva de Pimenta Neves foi determinada, na última segunda-feira (28/8), pela juíza Eduarda Maria Romero Corrêa, da 1ª Vara Criminal de Ibiúna.

Com a decisão, Pimenta deverá permanecer na clínica de repouso Parque Julieta até segunda-feira (4/9), quando será transferido para uma cela no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo os advogados da família da vítima, Luiz Flávio Gomes e Márcio Thomaz Bastos, o habeas-corpus não se aplica no caso do jornalista, uma vez que a denúncia acolhida pela Justiça o enquadra pela prática de crime hediondo.

Revista Consultor Jurídico, 30 de agosto de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/09/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.