Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cambalacho

Polícia prende supostos falsificadores de alvarás em SP

Foram presos, nesta quarta-feira (16/8), um homem e uma mulher que tentaram sacar R$ 155 mil, provenientes de ações relacionadas ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), em uma agência do Banco do Brasil (BB) em São Paulo.

Este tipo de golpe, que vem acontecendo desde o começo do ano, consiste na apresentação de alvarás falsos - em agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal - referentes a depósitos recursais de empresas em processos trabalhistas

Esses documentos trazem números fantasmas da OAB e imitações das assinaturas dos juízes do trabalho.

Os funcionários do BB, ao perceberem que poderia se tratar de um golpe, seguiram a orientação da Corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região e chamaram a polícia. Os acusados estão presos na 3ª DP, em Santa Ifigênia, região central de SP.

A prisão foi resultado das medidas tomadas pela corregedora do TRT, Maria Aparecida Pellegrina, que solicitou aos juízes trabalhistas que refizessem seu cartões de autógrafos depositados nas agências bancárias. Ela ainda determinou a exigência do reconhecimento das firmas, em cartório.

Revista Consultor Jurídico, 16 de agosto de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/08/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.