Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Justiça federal pode parar

Juízes federais gaúchos querem fazer greve por reajuste salarial

A Justiça federal do Rio Grande do Sul pode parar. Os juízes federais da 4ª Região decidiram levar ao encontro nacional da categoria, que será realizado em outubro, a proposta de greve pelo reajuste se seus salários.

A decisão foi tomada em assembléia realizada nesta quinta-feira (9/9). Os magistrados afirmam que estão sem aumento há seis anos e reivindicam a fixação do teto salarial que equipare a função a dos outros dois poderes.

Segundo o delegado regional da Associação dos Juízes Federais (Ajufe-RS), Alexandre Rossatto da Silva, a equiparação já traria aumento de salário aos juízes.

A decisão dos 66 juízes federais gaúchos será encaminhada para o presidente da entidade, Tourinho Neto, que deve avaliar a tendência da categoria em todo o pais, já que foram realizadas assembléias dos juízes federais em todas regiões.

Há dois dias a Ajufe recorreu ao Supremo Tribunal Federal pleiteando o recebimento do auxílio-moradia de R$ 3 mil que é pago aos parlamentares.

Revista Consultor Jurídico, 10 de setembro de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/09/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.