Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Direito de informação

Repórter do Zero Hora é detido por fotografar ação policial

O repórter fotográfico Ronaldo Bernardi, do jornal gaúcho Zero Hora, foi detido nesta sexta-feira (29/10) por tentar fotografar uma abordagem de dois policiais militares. Os soldados teriam tentado impedir que o repórter registrasse a cena.

Bernardi estava cobrindo os preparativos para a Bienal do Mercosul na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre. O fotógrafo percebeu a movimentação dos oficiais em direção a um homem que abordaram e começaram a revistar.

Segundo a redação do Zero Hora, ao perceber que o repórter tirava algumas fotos do ocorrido, um dos PMs o empurrou e tampou a lente da máquina fotográfica com as mãos. Bernardi também teria sido agredido verbalmente.

Na versão dos policiais Edson Rodrigues e Adriano Silveira, do 4º Regimento da Policia Montada, o fotógrafo estava atrapalhando a abordagem e pediram para que ele apenas se afastasse um pouco do local. Os soldados afirmam que Bernardi não obedeceu ao pedido e ainda teria agredido um deles com a câmera.

O repórter foi detido. O motorista do jornal, Osvaldino Pereira de Oliveira, acompanhou a viatura até o Distrito Policial e afirmou que os policiais tentaram intimidar o fotógrafo durante o trajeto.

Depois de prestar depoimento Bernardi foi liberado. As autoridades locais instauraram inquérito policial para apurar os fatos.

Revista Consultor Jurídico, 29 de outubro de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/11/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.