Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Contas na Suíça

Nicolau dos Santos Netto será ouvido pela Justiça suíça

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Carlos Velloso, autorizou a Justiça de Genebra a ouvir o juiz aposentado Nicolau dos Santos Netto. O ex-presidente do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo mantém, desde outubro de 1991, contas em bancos daquele país, onde movimentaria grande volume de dinheiro.

As autoridades suíças abriram inquérito para apurar crime de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, com base nas denúncias de gestão desleal dos interesses públicos. O ex-juiz é investigado pela CPI do Judiciário por suposto desvio de verbas destinadas à construção do Fórum Trabalhista de São Paulo.

Com a decisão, a Justiça suíça terá acesso aos depoimentos de Nicolau dos Santos Netto e de testemunhas. Também poderá analisar os documentos do inquérito que tramita no Superior Tribunal de Justiça, se eles não estiverem protegidos pelo sigilo bancário, fiscal ou telefônico.

Os inspetores da Polícia de Genebra também poderão participar de diligências "desde que não interfiram nos atos de investigação e nem deles participem direta ou indiretamente".

Revista Consultor Jurídico, 21 de outubro de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/10/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.