Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

PF vai ouvir Ronaldinho

Ronaldinho será intimado pela Polícia Federal

O atacante da Inter de Milão, Ronaldinho, terá de depor em inquérito instaurado para apurar possível crime de descaminho cometido durante a Copa América, em julho passado. O crime de descaminho é caracterizado pelo não recolhimento de tributos sobre mercadoria comprada no exterior.

O jogador será intimado pela Polícia Federal de Foz do Iguaçu (PR), para prestar esclarecimentos. O delegado Jessé Ferry, que comanda as investigações, já recebeu documento da Receita Federal afirmando que não houve irregularidades praticadas por membros da seleção brasileira na ocasião.

Ainda assim, o Ministério Público pediu a instauração do procedimento criminal entendendo que podem ser colhidas provas testemunhais. O delegado apoia as investigações em reportagens de diversos órgãos da imprensa, onde se relata que o atacante teria gasto até R$ 28 mil em compras no Paraguai.

Ferry também vai intimar para depor o comerciante Charif Hammoud, proprietário da Loja Monalisa, onde o jogador teria feito compras.

Fonte: Agência Estado

Revista Consultor Jurídico, 5 de novembro de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/11/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.