Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Indenização por danos físicos

Turista quer US$ 1,5 mi por ter pênis esmagado em restaurante

O turista canadense Edward Skwarek está pedindo indenização de US$ 1,5 milhão à rede de restaurantes Starbucks Corp porque teve seu pênis esmagado pelo assento do vaso sanitário em um restaurante de Nova York.

Consta dos autos que, em decorrência do incidente, o canadense teve "o pênis esmagado, sofre de redução no esperma, mal de Peyronie, infertilidade, contusão grave e função sexual prejudicada". O mal de Peyronie causa um desvio do pênis ereto para um dos lados.

Skwarek está pedindo US$ 1 milhão de indenização por danos físicos. Os outros US$ 500 mil seriam para ressarcir sua mulher, que ficou "privada de seus serviços".

O advogado do canadense, Richard Robbins, afirmou que seu cliente estava sentado e se virou para procurar o papel higiênico. O assento se deslocou e esmagou seu pênis entre a estrutura do assento e a louça.

O processo será julgado pela Suprema Corte de Manhattan. Skwarek alega que o restaurante foi negligente por deixar disponível ao uso um assento defeituoso.

Fonte: Ag. Reuters

Revista Consultor Jurídico, 1 de dezembro de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/12/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.