Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Garantia às vítimas da Tam

Justiça dá garantia às vítimas da Tam

O juiz da 2ª Vara Cível do Fórum do Jabaquara, em São Paulo, determinou que as empresas norte-americanas Northrop e Teleflex efetuem um depósito judicial de R$ 11 milhões. O valor deve ser depositado em 20 dias como caução.

O depósito foi requerido pelo promotor Nélson Luís Sampaio de Andrade para garantir uma futura indenização, caso a ação seja julgada procedente, a 22 parentes de vítimas do acidente do Fokker 100 da TAM, ocorrido em outubro de 1996.

Segundo a perícia, o acidente foi causado por um defeito no mecanismo de reverso da turbina do avião, que foi fabricado pelas empresas. O avião caiu logo após a decolagem do aeroporto de Congonhas.

A medida tomada pelo juiz se justificou pelo fato de as empresas não possuírem sede nem patrimônio em território brasileiro. Isso dificultaria a execução de uma sentença favorável às vítimas - a maioria menores que ficaram órfãos. O valor fixado é correspondente apenas a uma eventual reposição por danos morais.

Revista Consultor Jurídico, 30 de abril de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/05/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.