Consultor Jurídico

Notícias

STF nos 500 anos do Brasil

Judiciário nos 500 anos de Brasil

O Poder Judiciário terá dois novos representantes na Comissão Nacional para as Comemorações do 5º Centenário do Descobrimento do Brasil.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, indicará os nomes a pedido do presidente da comissão, ministro Lauro Moreira, do Itamaraty.

A comissão foi criada no ano de 93 pelo ex-presidente Itamar Franco para coordenar as atividades oficiais comemorativas dos 500 anos do descobrimento.

Celso de Mello explicou que a participação dos representantes do Poder Judiciário não será formal nem burocrática. "Será uma participação efetiva com colaboração integral para o sucesso do trabalho." Os novos membros ocupam as vagas de Paulo Medina e Edmundo Minervino.

Entre as atividades da comissão estão uma avaliação da formação da nacionalidade brasileira e o estudo das perspectivas do país no próximo milênio nas áreas econômica e social, além da promoção de seminários, exposições e pesquisas com a publicação de livros e atividades nas áreas de cinema, vídeo e teatro.

Revista Consultor Jurídico, 27 de janeiro de 1998, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/02/1998.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.