Consultor Jurídico

Notícias

Convivência harmoniosa

Pádua Ribeiro ressalta relacionamento entre Poderes

O relacionamento entre os Poderes constituídos, em âmbito nacional, passa por reformulação. Prova disso foi a presença maciça dos integrantes do Executivo e Legislativo na solenidade de posse do presidente do Superior Tribunal de Justiça, recentemente ocorrida em Brasília, ministro Antônio de Pádua Ribeiro.

Entre as autoridades destacou-se o comparecimento do Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso; do presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães; do presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temmer e do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Celso de Mello.

Na opinião do recém-empossado, Pádua Ribeiro, a presença dos representantes máximos de todos os Poderes serviu para marcar a determinação do entendimento que deve reinar entre as autoridades brasileiras.

Pádua Ribeiro salientou que, em seu discurso, a tônica foi a necessidade de os homens públicos buscarem sempre o entendimento, encaminhando soluções para melhorar a sociedade.

O presidente do STJ explicou que, embora reconhecendo os problemas e as deficiências do Judiciário, entende que a crise que acomete o Poder nada mais é que um reflexo da crise que assola o Estado, sendo urgente e necessária a reforma também do Executivo e do Legislativo.

Apesar de ter alertado para a baixa remuneração dos juízes, para o fato de que um quarto das vagas está em aberto, para o excesso de Medidas Provisórias e alterações contínuas no sistema jurídico, Pádua Ribeiro acredita que é preciso cessar os ataques entre os Poderes. Esses ataques, na sua opinião, só levam ao desrespeito. A maior necessidade é que se busque o encaminhamento dos graves problemas peculiares ao Judiciário, Legislativo e Executivo.

Revista Consultor Jurídico, 9 de abril de 1998, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/04/1998.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.